SUBSÍDIOS PARA TORNAR SUA CASA NA HOLANDA MAIS SUSTENTÁVEL

Por Marina Scatolin

Setembro foi muito produtivo para a causa ambiental, com crianças e adolescentes em 170 países participando da Greve Climática, demandando ações concretas para combater o aquecimento global. Em resposta, governos e corporações iniciaram atitudes sustentáveis representando uma mudança histórica de paradigmas.

Decidi então escrever para os brasileiros na Holanda sobre uma iniciativa do governo holandês voltada à redução de emissões dos gases de efeito estufa: os groene subsidies (“subsídios verdes”) para moradias.

O que são e como solicitá-los

Se destinam à construção de moradias eficientes ou à reforma de moradias existentes, para que elas se tornem mais eficientes, em termos de consumo de energia e água, e absorção de água e de gases nocivos. Alguns são para proprietários de imóveis, outros também para inquilinos.

São disponibilizados pelo governo federal, províncias e prefeituras, e requeridos junto a eles. Há também empréstimos de baixo custo ou com condições especiais através de bancos e financeiras. Em muitos casos, você pode fazer uso de múltiplos subsídios, de diferentes órgãos, para um mesmo projeto, chegando a cobrir todo o custo da reforma ou construção. Confira exemplos abaixo.

Mirlan Talip for Unsplash

Para reduzir o consumo de energia elétrica

Proprietários e inquilinos podem receber orientações grátis para a redução do consumo de eletricidade (e gás) em casa. Essa orientação pode ser presencial (como na prefeitura de Amsterdam), online, ou por telefone com seu provedor de energia. Se você é proprietário e está disposto a investir, algumas possibilidades são:

Empréstimos de baixo custo, com juros fixos (1,68 por cento em 2019), mínimo de 2.500 euros, e máximo de 65.000 euros, dependendo da redução no consumo de energia.

Subsídio Economia de Energia para Casa Própria, cobrindo 20 por cento dos custos, até 10.000 euros.

Subsídio de Investimento em Energia Sustentável, no valor de 1.100 euros ou mais, dependendo do número de quilowatts economizados.

Esses subsídios se destinam, entre outros, a isolamento térmico, reforma ou substituição de portas e janelas, instalação de lâmpadas LED e painéis solares, sistemas de recuperação de calor de chuveiro, bombas térmicas, etc.

Para implantar telhados verdes

Entre os órgãos distribuidores estão também autoridades que cuidam da água (waterschappen), com o objetivo de prevenir enchentes e reduzir emissões de gases. Há dois tipos de projeto, e é necessário saber se seu telhado suporta algum deles. Cada órgão estabelece o mínimo de área do telhado e, se seu telhado for menor, você pode combinar o projeto com vizinhos.

Telhado extensivo: contém grama, musgos e plantas suculentas. É o mais leve dos dois tipos, e requer pouca manutenção. O custo gira em torno de 40 euros por metro quadrado.   

Telhado intensivo: é realmente um jardim, com uma variedade de flores, ervas, gramas, arbustos e até árvores, conferindo maior biodiversidade e beleza. Ervas daninhas devem ser retiradas uma vez ao ano. O custo é de aproximadamente 120 euros por metro quadrado, mas quanto mais água seu telhado absorver, maior o subsídio.

Vivint Solar for Unsplash

Para eliminar o consumo de gás

Destinados ao isolamento da estrutura e à aquisição de equipamentos que substituem o aquecimento a gás, como as bombas térmicas solares. Em Amsterdam, o valor máximo é de 8.000 euros para tornar a moradia auto-sustentável (em relação a gás e eletricidade), e de 5.000 euros para eliminar o gás. O valor extra de 605 euros se destina ao desligamento das conexões à rede de gás.  

Empréstimos de baixo custo também existem para casas compradas após setembro de 2018 e que ainda não tenham sido entregues. O valor máximo é de 25.000 euros.

Benefícios financeiros

O valor do investimento, assim como o tempo de retorno do investimento, variam de acordo com o tipo de produto e de moradia, seja para construção ou reformas. O fato é que os benefícios financeiros existem, em curto, médio e em longo prazo, principalmente devido à combinação de subsídios.

Uma maneira prática de saber o que é interessante para você é fazer uma simulação no site do seu provedor de energia. É rápido, você recebe todos os cálculos na hora, e tem tudo o que precisa para decidir se solicita os subsídios.

Então vai lá correndo ver quanto você pode economizar por ano! No próximo artigo, vou falar das oportunidades para empresários. Até lá!

Marina Scatolin é especialista em comportamento ecológico, e baseada em suas experiências nos Estados Unidos e na Holanda, ajuda indivíduos e famílias a encontrar um estilo de vida mais ecológico que se encaixe na realidade deles. https://redequerobrasil.nl/listings/palestras-sobre-estilo-de-vida-ecologico

Ver artigo relacionado:

Comments

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicione um comentário