COMO SEPARAR SEU LIXO II – DÚVIDAS COMUNS

Por Marina Scatolin

“Mas isto vai em qual container?”

Se você já separa seu lixo, com certeza se depara com um produto ou embalagem que te leva a essa dúvida. Embalagens de vidro e, principalmente, de plástico, existem em tantas formas e tamanhos que acabamos nos confundindo. Então vamos esclarecer alguns pontos importantes.

  • Isopor

O isopor é um tipo de plástico, e portanto é reciclável. Mas os tipos de isopor que são reciclados variam de lugar para lugar. Na Holanda, somente pedaços grandes de isopor são reciclados, como os usados para proteger produtos frágeis, em embalagens de aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos, por exemplo. Mas atenção: esse isopor deve ser levado ao milieupark para ser reciclados, e não colocado na lixeira de plástico.

O isopor que é reciclado se torna isopor outra vez, material para isolamento térmico, ou potes e vasos para plantas.

A bandeja de carne, por outro lado, é feita de partículas muito pequenas para ser reciclada, e deve ser jogada no lixo comum (restafval). O mesmo deve ser feito com embalagens de refeições to-go e bandejas de frutas. Por isso, evite-as!

  • Vidros de esmalte

São recicláveis! Você pode depositar a embalagem completa com tampa, pincel e até restos de esmalte, na lixeira de vidro. No processamento, os restos de esmalte são secados com ar quente e depois aspirados como pó. Isso também se aplica a outros restos que ficam em embalagens de vidro, como pasta de amendoim. Após limpo, o vidro é completamente reciclado.  

  • Papel alumínio

Papel alumínio é… metal! Mesmo que estiver sujo, pode ser depositado na lixeira de plástico, embalagens Tetra Pak e metal, assim como você depositaria uma lata de refrigerante. 

  • Caixas de pizza

O truque aqui é recortar a caixa e depositar as partes secas e limpas na lixeira de papel e/ou papelão. As partes engorduradas devem ser depositadas no restafval para serem incineradas e gerar energia. O mesmo se aplica ao cone de papel de batata frita e a outras embalagens de papel para refeições to-go, que geralmente são muito pequenas para que você possa separar as partes que estão limpas e secas.

O que vai para a lixeira de lixo comum (restafval)

  • Copos, espelhos e louças quebrados

Copos e taças de vidro podem ser feitos de vidro resistente ao calor. Esse tipo de vidro atrapalha o processo de reciclagem dos vidros normais. Por isso, são incinerados para geração de energia, e não reciclados. Materiais cerâmicos também são incinerados.

Espelhos e pedaços grandes de vidro externo, como janelas e vitrines, devem ser levados ao milieupark para minimizar as chances de machucarem um trabalhador da área de processamento de resíduos.

  • Embalagens plásticas com alumínio

Saquinhos de chips, cápsulas de café, pacotes de pó de café, e todas as outras embalagens onde plástico e alumínio estão fundidos, não podem ser recicladas pelas estações municipais. As cápsulas de café devem ser enviadas por correio às empresas produtoras ou depositadas em estações de coleta. As outras embalagens devem ir para o restafval.

  • Plástico que não é embalagem

Brinquedos danificados, cabos de panela, cadeiras de jardim, pratos e talheres de plástico duro ou descartáveis… todos esses itens são sim feitos de plástico. Mas as lixeiras de reciclagem de plástico são destinadas a embalagens, e não a itens de plástico mais resistente, como esses exemplos.

Os itens grandes (móveis e brinquedos) devem ser levados ao milieupark, e os menores devem ser depositados no lixo para serem incinerados.

E os potinhos de batata-frita, kibbeling, e frikandel vendidos em mercados e feiras? Esses são embalagens, e podem ser depositados na lixeira para plástico.

  • Desodorante aerossol

Por causa dos restos de gás que ficam na embalagem de metal, esses itens devem ir para o lixo comum. Após processamento, as embalagens completamente vazias são destinadas à reciclagem.

  • CDs (inclusive as caixinhas)

Isso soa triste, não? Jogar música no lixo? Por isso recomendo levá-los a lojas de segunda mão para serem vendidos ou doados a interessados. Do contrário, eles serão sim queimados para gerar energia…

Espero que este artigo facilite a reciclagem na sua casa. Mas me conte, tem mais algum item que te deixa confuso, além dos citados? Escreva nos comentários e ficarei feliz em tirar sua dúvida!

Fonte: Milieu Centraal

Marina Scatolin é especialista em comportamento ecológico, e baseada em suas experiências nos Estados Unidos e na Holanda, ajuda indivíduos e famílias a encontrar um estilo de vida mais ecológico que se encaixe na realidade deles.

Artigo relacionado:

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicionar um comentário